50 reflexões e pensamentos budistas

Matéria publicada em 31/03/2014



O budismo é uma religião oriental que tem como uma das principais características os ensinamentos de Buda para o bem da humanidade e da natureza.  Assim, pesquisamos 50 frases com reflexões e pensamentos para você refletir. Confira:
01 – Não é justo aquele que julga às pressas, ou usa da violência; o sábio serenamente considera o que é certo e o que é errado.
02 – Quem não vigia nem é vigiado, vive feliz, liberto do jugo da concupiscência.
03 – Dá alimento a um gato, e logo aparece um segundo.
04 – Antes chorar pelos vivos do que pelos mortos.
05 – Todos os homens tremem ante a punição e todos os homens temem a morte; lembra-te que te assemelhas a eles, e portanto não mates nem contribuas para a matança.
06 – Jamais se extingue o ódio com o ódio. O ódio só se extingue com o amor; esta é a lei eterna.
07 – Terá o seu prêmio o homem justo e amável.
08 – Em qualquer circunstância, o sábio não emprega palavras fúteis, nem se deixa levar pelo desejo; a dor e a alegria não o alteram.
09 – Acossados pela cobiça, os homens correm como lebres perseguidas pelo caçador.
10 – Mais glorioso não é quem vence em batalhas milhares de homens, mas sim quem a si mesmo vence.
11 – Devido à sua ambição e egoísmo, o homem faz da sua vida um verdadeiro naufrágio.
12 – É da ignorância e da avidez que surge o mundo do erro, e as suas causas e condições existem apenas dentro da mente, em nenhum outro lugar mais.
13 – Quem se vence a si mesmo é um herói maior do que quem enfrenta mil batalhas contra muitos milhares de inimigos.
14 – Diz um antigo provérbio: censuram quem se mantém calado; censuram quem fala muito; censuram quem fala pouco, neste mundo ninguém está livre de censuras.
15 – A verdadeira caridade surge espontaneamente de um coração simpático, antes mesmo que qualquer pedido seja feito. Ela é a pessoa que dá, não ocasionalmente, mas constantemente.
16 – Nem o veneno mortal nem a espada aguçada são tão fatais como a palavra maldosa
17 – Vemos os defeitos alheios panoramicamente; o difícil é vermos as nossas próprias falhas.
18 – Mesmo o homem de bem prova maus dias enquanto as suas boas ações não produzirem frutos; mas quando amadurecerem as suas boas ações, então provará dias felizes.
19 – Há uma ferrugem pior do que todas: chama-se ignorância.
20 – Assim como, em verdade, a terra recebe com serenidade tudo, puro e impuro, que se atira sobre ela, assim também aceitarás com serenidade tanto a alegria como a tristeza – se pretendes atingir a sabedoria.
21 – Não confies nos confiantes, nem nos desconfiados confies, por confiar é o leão vencido.
22 – O nosso próprio eu é o mais difícil de dominar.
23 – É bom domesticar a mente que, de difícil domínio, e veloz, corre para onde lhe agrada; a mente domesticada traz felicidade.
24 – Retribui-se honra com honra e amor com amor.
25 – O teimoso que nunca atende ao conselho amistoso, encaminhar-se-á na certa para o perigo.
26 – A causa do sofrimento humano encontra-se, sem dúvida, nos desejos do corpo físico e nas ilusões das paixões mundanas.
27 – Nada melhor do que uma boa companhia; nada pior do que uma má companhia.
28 – Os puros ou impuros erguem-se e caem pelos seus próprios atos; ninguém se purifica através de outrem.
29 – A melhor oração é a paciência.
30 – Os insensatos, que acreditam serem sábios, são inimigos de si mesmos; fazem más ações, das quais, por fim, só colhem frutos amargos.

31 – Nem no ar, nem nas profundezas do oceano, nem nas cavernas das montanhas, em nenhum lugar do mundo nos podemos abrigar do resultado do mal praticado.
32 – A prática da tolerância ajuda-nos a controlar a mente temerosa e irada.
33 – Não importunes um homem cuja amizade prezas, pois o mendigares dele te desacreditaria no seu conceito.
34 – Se a tua aspiração é fraca, não basta, mas se é exagerada, trarar-te-à demasiados sofrimentos.
35 – Como uma árvore, que embora derrubada, continua a crescer enquanto as suas raízes estiverem sãs e firmes, assim também continuará a sofrer mais e mais o homem que não tenha extirpado a sua cobiça.
36 – O conhecimento coroa os esforços com o êxito.
37 – O ódio é a erva daninha da humanidade.
38 – Quando a alegria se torna tristeza e o bem estar infortúnio, as almas pacientes extrairão prazer mesmo da dor.
39 – É penoso conviver com desiguais.
40 – Os desejos humanos são infindáveis. São como a sede de um homem que bebe água salgada, não se satisfaz e a sua sede apenas aumenta.
41 – Pela meditação se ganha a sabedoria; pela falta de meditação se perde a sabedoria. Se o homem conhece este duplo caminho de ganho e perda, coloque-se naquele em que a sabedoria aumenta.
42 – O homem que pouco aprendeu, envelhece como um boi: com muita carne e nenhum conhecimento.
43 – Mesmo os deuses invejam aqueles que estão vigilantes e não negligentes, que se entregam à meditação, que são sábios, e que se deleitam na quietude do retiro espiritual.
44 – A água turva não mostra os peixes ou conchas em baixo; o mesmo faz a mente enublada.
45 – A tempestade arranca a árvore solitária.
46 – A companhia dos néscios, como com um inimigo, é sempre penosa; a companhia dos sábios é como o encontro com parentes queridos.
47 – Cada qual dá segundo a sua fé ou segundo o seu prazer.
48 – Não fales asperamente a ninguém, pois aqueles a quem falas te responderão no mesmo tom.
49 – Aqueles que se lembram de que devemos ter um fim neste mundo, as suas querelas cessam prontamente.

50 – Não se é sábio por muito falar.
Share on Google Plus

About Venturosa Trezentos

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui a sua opinião sobre a matéria ou sobre o Blog: