O planeta Terra vive uma iminente ameaça de ser atingido por cerca de 500 asteroides, afirma a Agência Espacial Europeia.


Aproximadamente 500 asteroides ameaçam potencialmente a Terra, um problema no qual especialista da Agência Espacial Europeia (ESA) buscam soluções que parecem ter saído de um filme de ficção científica.

"Temos total de 500 objetos próximos à Terra identificados que poderiam, cerca de 100 anos, eventualmente atingir a terra, mas a probabilidade é muito baixa, em alguns casos de 1 em 1 milhão", explicou Detlef Koschny, chefe do setor de NEO (Near-Earth Objects) na ESA.

"Observamos os seus caminhos, tentamos prever o que poderiam ser e se, eventualmente, representarão algum risco", falou Koschny a partir do centro operacional dos NEO na cidade italiana de Frascati, proximo a Roma.

"Em caso de perigo eminente, temos duas opções atualmente viáveis", contou o especialista. "O primeiro é o acidente de movimento cósmico", afirmou.

"Imaginemos um veículo, que é o asteroide, e outro veículo, que é esta nossa ferramenta, colidindo com ele e o deslocando de sua trajetória inicial. Devido à pressão, é possível desviá-lo gradualmente da Terra", concluiu.

"A nossa segunda opção é destruir o asteroide com a ajuda de uma explosão nuclear", finalizou Koschny.

Share on Google Plus

About Maiky Bezerra

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui a sua opinião sobre a matéria ou sobre o Blog: