Venturosa será beneficiada em medidas de revitalização do rio Ipojuca



Um mapeamento será feito para medir o quantitativo de resíduos jogado no rio Ipojuca, o rio mais poluído do estado e terceiro mais poluído do Brasil. A iniciativa, que conta com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID tem como objetivo definir qual o tipo de tratamento deve ser adotado pelas empresas e fábricas para que a água volte ao rio com uma menor carga de poluentes.
         Para chegar ao seu objetivo, o Governo de Pernambuco assinou um contrato de empréstimo em 2013 ao BID de R$ 660 milhões que serão utilizados em revitalização e esgotamento sanitário das 12 cidades banhadas pelo rio Ipojuca, uma delas é o nosso município de Venturosa. Nesse acordo, a gestão estadual entra com R$ 130 milhões. Onde a Compesa utilizará 90% dos recursos para a contratação de projetos, obras de coleta e tratamento de esgoto. Uma das metas da Compesa é de sanear 100% das cidades banhadas pelo rio Ipojuca até novembro de 2019. As obras já começaram, Tacaimbó será entregue em novembro, já Venturosa e Gravatá estão em andamento.
         Os outros 10% do investimento ficará por conta da Agência Pernambucana de Águas e Clima – Apac, que utilizará em ações voltadas à preservação e proteção ambiental e recuperação de matas ciliares ao longo do rio Ipojuca. Esse recurso se destinará a recuperação das áreas ribeirinhas degradadas, transformando-as em parque ambientais, para que os mesmos incentive o lazer e a educação ambiental à população das localidades. Mas só 5 municípios ganharão esse projeto. Que serão: Taquaritinga do Norte, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Bezerros e São Caetano



Talvez você não saiba, mas Venturosa também faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca






Fonte: Folha de PE


Share on Google Plus

About Venturosa Trezentos

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui a sua opinião sobre a matéria ou sobre o Blog: