História do Dia do Trabalho




O Dia do Trabalho é comemorado no Brasil e em vários países no dia 1º de Maio, fazendo parte da comemoração: passeatas, festas, exposições e eventos reivindicatórios. Isto todo mundo sabe! Mas como surgiu? E por que é comemorado no dia 1° de Maio? Vamos viajar no tempo e contar essa história para você ficar por dentro.
No dia 1° de maio de 1886 na industrializada cidade de Chicago(EUA), milhares de trabalhadores revoltados foram as ruas para reivindicar melhores condições de trabalho, eles exigiam redução na jornada de trabalho para 8 horas diárias, já que os mesmo trabalhavam 13 horas. A manifestação tomou uma grande proporção e naquele mesmo dia houve uma grande greve geral dos trabalhadores nos Estados Unidos. Dois dias após a greve, aconteceu um conflito entre trabalhadores e policiais, ocorrendo à morte de alguns manifestantes. O ato gerou uma revolta na classe dos trabalhadores que posteriormente gerou mais conflitos. Muitos trabalhadores morreram e várias pessoas saíram feridas. De fato, aqueles dias foram marcantes na história da luta da classe dos trabalhadores por enfrentar os patrões em busca de melhores condições de trabalho.
          Mas só em 20 de junho de 1889, em Paris (França), que a Segunda Internacional Socialista criou o Dia do Trabalho em 1° de Maio para homenagear aqueles que morreram nos conflitos. No Brasil, existem relatos que a data vem sendo comemorada desde o ano de 1895, mas só veio se tornar oficial em setembro de 1925, com a criação do decreto do então presidente Artur Bernardes. Desde então, muitas vitórias já foram conquistadas no Dia do Trabalho pela classe, como: A instituição do salário mínimo em 1° de maio de 1940 no governo Getúlio Vargas; e a criação da Justiça do Trabalho em 1941. 





Matéria publicada  em 01/05/2014


Share on Google Plus

About Venturosa Trezentos

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui a sua opinião sobre a matéria ou sobre o Blog: